Resenha: Lola Eu sei o que você fez na química passada - Máscara de Tratamento

(Resenha atualizada em 03/11/2016)
A proposta é ótima - como todas da Lola, aliás -  mas os resultados poderiam ser menos estranhos e não mudar completamente de pessoa para pessoa. É do tipo "ame ou odeie" e isso é horrível de avaliar, gente.

É uma máscara CPA - Carga Proteica de Aminoácidos - para cabelos detonados por químicas agressivas como coloração ou descoloração. Melhora a permeabilidade à umidade, a capacidade de retenção de água e possui propriedades antioxidantes. Formulada com aminoácidos sequenciados e Fitosterol (de origem vegetal, presente na soja, ácido graxo do coco e cana-de-açúcar, garante restauração, aumento da massa proteica e recuperação dos fios) que mimetizam os aminoácidos presentes no Complexo da Membrana Celular, promove hidratação, fortalecimento dos fios, proteção da cor e brilho. Indicada para ser utilizada após processos de descoloração/coloração para recuperação imediata da superfície danificada dos cabelos. Totalmente liberada para as técnicas de Low e No Poo. 
Ela tem uma textura bem cremosa e hiper consistente, um cheirinho muito gostoso de coco/baunilha e rende super bem.

Eu apliquei ela durante o banho, depois de lavar o cabelo com um shampoo (2x). Deixei agir por ~ 5 minutos (o indicado era de 3 a 5 minutos) e enxaguei em seguida, sem passar condicionador depois. Finalizei secando com o secador, como de costume.

Resultados

Depois de ler alguns relatos em grupos de cabelo no Facebook eu resolvi atualizar esta resenha, pois aparentemente essa máscara é 8 ou 80 para diferentes cabelos. Vou então contar a minha experiência, que foi bem negativa, e de uma amiga muito próxima, que amou esta máscara.

Cabelo Bruna

Quando eu passei esta máscara o meu cabelo estava assim, mais da metade beeem descolorido, então teoricamente estava dentro da indicação da máscara:


Acho que o maior problema foi a textura que ela deixou no meu cabelo. A sensação foi a de que os meus fios ficaram encapados e muito pesados, como se eu tivesse passado alguma cera. Por outro lado, a hidratação e reparação não foram proporcionais. As minhas pontas, que estavam bem descoloridas quando eu testei esta máscara, continuaram meio porosas e ressecadas, não ajudou em nada no volume do meu cabelo e amassou horrores durante a noite.

Ou seja, não foi aquele tipo de peso que acaba em reparação profunda. Acredito que até deu uma hidratada, mas foi bem leve. Ou seja, de novo, na teoria é uma máscara de tratamento, mas que não tratou tão bem assim. Para abrir mão da sedosidade e sentir meu cabelo com uma camada extra, grudenta e ensebada, eu poderia ter ganhado uma reparação de verdade.

Eu não me dei bem, não gostei. Um anônimo aqui nos comentários disse que eu precisava ter usado o kit todo (shampoo + spray + esta máscara) para um resultado melhor. Talvez. Eu, por experiência com zilhões de outras máscaras e kits, duvido e acharia errado da marca fazer isso. Simplesmente porque eu não sou obrigada a gastar $$$ com o kit todo para conseguir usar a máscara sem achar ela ruim.

Cabelo Andrezza Mansour

A Andrezza também não usou o kit todo, apenas a máscara. O cabelo dela está com um ombré acobreado feito com tinta, e as pontas estavam pedindo socorro real.

E para ela, essa foi a melhor máscara de todos os tempos. Recuperou toda a parte tingida, e as pontas pareciam recém cortadas. Não pesou, não ensebou, apenas tratou.


2 comentários:

  1. Para mim, ela da muuuuuito certo usando no dia da descoloração/tintura, se usar no dia seguinte ja não funciona tanto, fica meio encapado, como vc descreveu, uso somente a máscara.

    ResponderExcluir
  2. se o cabelo esta saudavel.. não por que usar uma mascara de reconstrução intensa eu usaria diluida já que o cabelo dela tava super saudavel

    ResponderExcluir